BHG dá início à parceria com AccorHotels

A Brazil Hospitality Group (BHG) anuncia hoje o início de sua parceria com a AccorHotels, que passará a administrar 17 hotéis de sua propriedade. A AccorHotels adquiriu também da BHG a LEBSPE Ltda, empresa que administra os hotéis The Capital São Paulo Itaim e Grand Plaza São Paulo Jardins, em São Paulo; Soft Inn São Luis, no Maranhão; e Hotel Presidente Uberlândia, em Minas Gerais.

A BHG, maior proprietária de ativos hoteleiros no Brasil, com mais de R$1,2 bilhão em propriedades, investirá cerca de R$ 300 milhões, nos próximos quatro anos, na renovação e reposicionamento das 17 unidades que progressivamente irão receber as bandeiras da AccorHotels. A BHG também já iniciou o programa de renovação total e reposicionamento do Marina Palace Leblon, no Rio de Janeiro, com a sua reabertura prevista para o 1º trimestre de 2021.

Os projetos de renovação serão assinados por arquitetos renomados. A BHG passará a ter no seu portfólio de ativos imobiliários os primeiros MGallery by Sofitel, categoria luxo, e Mama Shelter, de lifestyle, em São Paulo, o primeiro Pullman no Rio de Janeiro, além de hotéis das marcas Grand Mercure, Mercure, Novotel, ibis e ibis Styles.

Em paralelo a esta parceria, a BHG continua sua expansão na administração de hotéis, com a abertura do Soft Inn Maceió já em janeiro de 2018, que se juntará aos outros 16 hotéis que opera sob as bandeiras Royal Tulip, Golden Tulip, Tulip Inn e Soft Inn.

Para Alexandre Solleiro, CEO da BHG, “esta parceria dá à BHG mais flexibilidade para reposicionar seu portfólio imobiliário hoteleiro, se firmando como a maior proprietária de ativos hoteleiros no Brasil. A empresa continua também sua estratégia de expansão como operadora, com a abertura do Soft Inn Maceió em janeiro, e na concretização dos vários projetos em pipeline”.

“Estamos extremamente motivados com este passo importante na execução da nossa visão em fazer da BHG a mais importante proprietária e operadora multi-marca no Brasil. Acreditamos que combinando um extenso plano de renovações com marcas icônicas e distribuição da Accor, estaremos criando substancial valor acionista”, disse Josh Pristaw, Vice Presidente do Conselho da BHG, Senior Managing Director, co-Head para o Brasil e Head para o mercado de capitais da GTIS Partners, um dos acionistas controladores da BHG.

Rubens Freitas, Sócio da GP e Presidente do Conselho da BHG, acrescentou que “precisamente agora que o mercado hoteleiro brasileiro está estagnado, nós iremos empreender um significativo plano de renovações na maioria dos nossos hotéis, de forma que em 2020 a BHG irá emergir, num mercado em recuperação, como um produto superior comparativamente ao mercado hoteleiro do país”.